janeiro 19, 2018

Resenha #113
Graffiti Moon - Cath Crowley @EdValentina

by , in
Título:  Graffiti Moon
Autor (a): Cath Crowley
Lançamento: 201
Estante: Skoob - GoodReads
Páginas: 240
Editora: Valenina
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance, Young Adult
Estrelas: 5/5

Uma aventura emocionante e perigosa como um grafite clandestino. Uma noite de arte e poesia, humor e autodescoberta, expectativa e risco e, quem sabe, amor verdadeiro.
Um artista, uma sonhadora, uma noite, um significado. O que mais importa?
O ano letivo acabou, aliás, o último ano do ensino médio. Lucy planejou a maneira perfeita de comemorar: essa noite, finalmente, ela encontrará o Sombra, o genial e misterioso grafiteiro, cujo fantástico trabalho se encontra espalhado por toda a cidade. Ele está de spray na mão, escondido em algum lugar, espalhando cor, desenhando pássaros e o azul do céu na noite. E Lucy sabe que um artista como o Sombra é alguém por quem ela pode se apaixonar — se apaixonar de verdade.
A última pessoa com quem Lucy quer passar essa noite é o Ed, o cara que ela tem tentado evitar desde que deu um soco no nariz dele no encontro mais estranho de sua vida.
Mas quando Ed conta para Lucy que sabe onde achar o Sombra, os dois de repente se juntam numa busca frenética aos lugares onde sua arte, repleta de tristeza e fuga, reverbera nos muros da cidade. Mas Lucy não consegue ver o que está bem diante dos seus olhos.

Apesar desse não ser o primeiro livro que eu li esse ano, essa é minha primeira resenha do ano. E, apesar de eu querer ler esse livro desde seu lançamento em 2014, foi só na Bienal de 2017 que eu tive a oportunidade de adquirir esse livro. 

Graffiti Moon despertou meu interesse primeiro por causa da capa maravilhosa que ele possui. De início, por causa da capa, eu achei se tratar de uma graphic novel, mas conforme eu vi as críticas eu descobri que se tratava na verdade de um livro young adult, o que só aumentou minha vontade de ler.


janeiro 18, 2018

Nananão Booktag

by , in
Olá, gente bonita! Tudo bem?

Chegou a vez de fazer mais uma booktag! Dessa vez é hora de dizer as coisas que eu não gostei!


1. Final de livro NANANÃO: Um final que te deixou péssimo, no chão, arrasado, ou que foi só uma bela bosta

Logo eu, uma pessoa que adora John Green, vim aqui reclamar de Cidades de Papel. A história é até boa e cheia de mistérios intrigantes, mas que final foi esse? Tudo aquilo para a Margo virar e ir embora? Virei madrugada lendo para ela simplesmente não querer mais voltar? Achei um tanto sem noção o final do livro, eu esperava bem mais.

2. Protagonista NANANÃO: Um personagem principal que te tira do sério

Bella Swan, essa posição é inteiramente sua. Me tira do sério ver que ela não faz nada além de se por em perigo para ser salva pelo suposto mocinho da história, ela não demonstra evolução como personagem, ela não demonstra quase nada. 

3. Série de livros NANANÃO: Uma série que é toda uma grande negação, que te deixou com aquela sensação de tempo perdido

Não tenho nenhuma série que foi tempo perdido.

4. Casal NANANÃO: Um casal que não acende as luzes do seu coração

Lucy e Daniel de Fallen porque eu acho meio sei lá, meio sem graça, não combina.

5. Plot Twist NANANÃO: Uma virada de mesa que não virou mesa nenhuma

Até onde minhas memórias literárias vão, não me lembro de nenhum livro assim.

6. Decisão de protagonista NANANÃO: uma escolha que você viu o personagem fazer e você pediu muito para que não fosse verdade, mas aí era e aí.. que pena.

Graças a Deus, meus amados livros só têm personagens muito pensativos e fazem coisas sensatas.

7. Gênero NANANÃO: um gênero que você nunca vai ler

Romance de época. Não consigo me imaginar lendo, muito além da minha zona de conforto literária e do que eu gosto.

8. Clichê de trama NANANÃO: aquela coisinha que tá em tudo que é história que você não aguenta mais ler

Triangulo amoroso de destopia. O mundo está acabando, existem dois jovens apaixonados pela mesma pessoa, eles precisam lutar para salvar o mundo e no final a protagonista escolhe o que mais se sacrificou por ela. Sinceramente, cadê a criatividade?

9. Recomendações NANANÃO. Uma recomendação que você ouve sempre e você sempre fala “Não querida, obrigado”

Livros da Collen Hover. Desculpa, mas não tenho o menor interesse em ler nada dela.

10. NANANÃO. Mania de escrita: Alguma coisa que um autor ou autores fazem que te deixam pedindo “Pelo amor de deus! Socorro! Pede para outra pessoa escrever essa parte?”

Aquele final clichê omde acaba tudo feliz demais, tudo inacreditavelmente perfeito. Eu quero brigas, eu quero discórdia, eu quero final de novela mexicana! 

11. Livro NANANÃO: Um livro que não devia nem ter existido

Harry Potter. História boa, personagens ruins, sem falar na obssessão desnecessária com uma história tão cheia de clichês.

12. Vilão NANANÃO: Um vilão que não valeu nem o palito de limpar o dente, de tão fraco que foi

A Feiticeira Branca de Nárnia. Uma grande decepção, afinal, ela tinha sim potêncial demais para ser uma grande vilã e acabou sendo facilmente derrotada.

janeiro 17, 2018

Toplist
Handwritten

by , in
Olá, gente bonita! Tudo bem?


Chegou a vez de mais uma TopList! Como visto no título e numa postagem anterior, alguém aqui talvez seja muito fã de um cantor canadense chamado Shawn Mendes. Por conta disso, resolvi juntar duas coisas que eu adoro e dizer algumas músicas do primeiro album dele que me lembram livros que eu já li.



The Weight - A namorada do meu amigo

Eu entendo a história da música como uma relação que acaba após uma traição e que deixa uma dos envolvidos mal, o que me lembra muito A namorada do meu amigo porque a históriade  gira em torno de Cadu querendo roubar a namorada do amigo.

Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você?
Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu.
Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!


janeiro 15, 2018

Indicando Séries
Marvel's Inhumans

by , in

Hey pessoal!

Primeiro post de séries do ano e eu não poderia deixar de continuar falando sobre as séries de heróis. Para quem ainda não sabe, no ano passado eu comecei uma série de posts sobre séries de heróis e, caso você não tenha visto ainda, eu vou deixar os links das séries que eu já fiz aqui em baixo.

Universo Marvel


Universo DC

janeiro 13, 2018

Notícias
@EditoraParalela divulga a capa de A Último Dama - Elizabeth Fremantle

by , in

A Última Dama é o terceiro livro da série Tudor escrito por Elizabeth Fremantle. O livro que já está em pré-venda, tem previsão de lançamento para Fevereiro pela Editora Paralela.

Os segredos e as paixões durante o reinado da última monarca Tudor

My Instagram