06/01/2016

[Resenha #1] Sempre @univdoslivros



Título: Sempre (Sempre - livro #1)
Autora: J M Darhower
Lançamento: 2012 nos Estados Unidos / 2015 no Brasil
Editora: Estados Unidos -> Editora Galery Books / Brasil -> Editora Universo dos Livros em 2015
Páginas: 560 
Literatura: Estrangeira
Gênero: New Adult, Máfia, Crime, Romance Contemporâneo e Abuso (contém cenas de violência).
Estrelas: 5/5

SINOPSE: Haven Antonelli e Carmine DeMarco tinha muito diferentes infâncias. Haven, uma escrava de segunda geração, cresceu isolada no meio do deserto, seus dias cheios de trabalho duro e de abuso aterrorizante. Carmine nascido em uma família da rica e da Máfia, viveu uma vida de privilegiada, nunca teve que responder por qualquer coisa que ele fez. Ambos agora com dezessete anos, uma reviravolta do destino faz seus mundos a colidirem, fazendo-os questionar tudo o que sempre acreditaram. Enredado em uma teia de segredos e mentiras, eles aprendem que, embora diferentes na superfície, eles têm mais em comum do que qualquer um poderia pensar.

“Colpo di fulmine. O raio, como os italianos chamam. Quando o amor por alguém te atinge como um relâmpago, tão poderoso e intenso que não pode ser negado. É bonito e confuso, abre o seu peito de forma que sua alma também fica exposta. Muda uma pessoa de dentro para fora, e não há como voltar atrás. Uma vez que o raio o acerta, sua vida muda completamente.”

Antes de tudo, preciso informar para quem não sabe que Sempre era uma fanfic baseada no universo Crepúsculo, intitulada de Emancipation Proclamation. Na verdade a Darhower, como a maioria das outras escritoras de fanfics, utilizava um nome fantasia e escreveu Emancipation Proclamation usando somente o nome dos personagens origineis de Crepúsculo. A Darhower não é a única autora migrada que encontraremos por aí, e também por aqui rs’. Eu pretendo voltar aqui com outras resenhas de livros que amei e também eram fanfic.


“Vá em frente enquanto você pode. Eu sei que você tem isso em você. E eu não posso prometer que você vai ter tudo que você quer, mas eu posso prometer nada vai mudar se você não tentar.”

Este livro que é um classificado como new adult, é muito diferente dos que eu li anteriormente. Por tratar de um new adult você logo acha que vai ser cheio de cenas de sexo, né? Lamento informar, mas ele não é desses hahaha’; esse new adult retrata de coisas muitos sérias envolvendo máfia, crimes e escravidão. Um escravo que foi vendido de uma família mafiosa para outra. Que no final é tão nobre quanto os seus “donos”.
Este livro é escrito em terceira pessoa, mas temos poucos POV de personagens diferentes. Eu pensei que seria difícil de seguir, mas foi muito bem escrito. A autora fez um trabalho incrível com a narrativa da história. O foco da história não fica somente no casal principal (Haven e Carmine), temos um vislumbre da vida do pai de Carmine, Vincent DeMarco. Nós vemos com o que ele tem de lidar e que talvez a vida que ele leva não é aquele que ele queria. A história te prende não apenas pelo romance e sua pitada de humor, ela é cheia de mistérios que te envolve a cada parágrafo, página, capítulo.

“Você tem alguma ideia de como você é importante para mim? Eu estou me encontrando novamente, por sua causa. Eu nunca pensei que isso iria acontecer.”

Dr. Vincent DeMarco tem 2 filhos. Dominic e Carmine. Dominic é apenas uma boa pessoa e protetor da Haven. Carmine é o encrenqueiro da família e o mulherengo, aquele típico riquinho problemático. Ele não tem nenhum problema em não seguir as regras do seu pai ou qualquer outra. Ele não ama e não cuida de ninguém, a não ser de si mesmo. Isso é, até Haven mudar para sua casa. Lentamente Carmine começa notar Haven. Não só sua aparência, mas ele vê o quão bonita a menina é no interior. Ela não tem nenhuma raiva, ela não sente ódio. Ela é o oposto completo de Carmine, que é todo atitudes e problemas. Eles desenvolvem uma relação e começam a pensar em um futuro juntos, eles idealizam outros planos para eles, além de fugir e viver uma vida fora dali, livres.

“Você foi trazida para mim por um motivo, para salvarmos um ao outro. Porque você não era a única que precisava ser salva, Haven. Eu estava me afogando e você me resgatou.”

Só que eles não percebem como estão amarrados nessa teia. Haven que nunca experimentou a liberdade, já que ela e sua mãe sempre foram escravas. Carmine que não aceita seu título de príncipe da La Famiglia, muito menos que terá que assumir seu lugar na máfia muito em breve.

“Uma vez que se ama, se ama para sempre. Não se pode evitar.”

No livro existem outros personagens que são citados e importantes, por exemplo, o tio de Carmine o Corrado (que tem um papel muito importante na vida da Haven), Dia, Tess (namorada de Dominic), Gia, Nicholas, padre Alberto e muitos outros que eu não citei.
Acho que falei demais, acho não, tenho certeza hahaha. Mas não se acostumem, foi somente por ser a minha primeira resenha aqui. ;)
Aqui em baixo vou deixar os lugares onde vocês podem comprar Sempre, porque vale a pena ter esse livro na sua estante. E também as capas dos outros livros da continuação e uma novela que a Darhower escreveu, mas preciso alertar vocês que Sempre não é uma série ou saga, ok?
Deixem-me saber o que vocês acharam, e sigam meu instagram que essa semana eu já vou por lá o próximo livro que lerei para resenhar aqui.

Onde Encontrar Sempre: Para comprar Submarino, Amazon, Saraiva.

Capas Originais:

1- Sempre (2012)



Apesar da capa brasileira ter um lugar especial no meu coração, as duas versões da capa nos EUAS são lindas. Mas aqui tem umas coisas que eu não entendo muito bem, e que essa capa com a arma e sangue seria censurada, sei lá.



2- Redemption (2013)






3 - Made - Sempre Novel (2014)






4 - Friends & Forever (omnibus - 2014)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS