08/01/2016

[Resenha #2] Uma História de Amor e TOC (OCD Love Story) - Corey Ann Haydu @galerarecord


Título: Uma História de Amor e TOC/OCD Love Story
Autora: 
Corey Ann Haydu
Lançamento: 2015 nos Estados Unidos / 2015 no Brasil
Editora: Estados Unidos -> Editora 
Simon Pulso / Brasil -> Editora Galera Record
Páginas: 
320
Literatura: Estrangeira
Gênero: 
Young Adult.
Estrelas: 4/5




Sinopse: Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de... garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais Uma História de Amor... e TOC.

“Sou estranha e peculiar.”
Este livro me surpreendeu de uma forma espetacular. Tudo nele, a arte da capa, que é ousada e extravagante, e o título, a história que tem suas emoções tão cruas e intensas, que eu acabei me sentindo como se estivesse realmente na cabeça da Bea por muito tempo.
Bea, uma adolescente muito problemática diagnosticada com TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), além de outras tem várias compulsões como: stalkear as pessoas, ou algumas pessoas; medo de machucar alguém sem querer de forma saudável ou não; pânico quando vê algum objeto pontiagudo; e quando dirige passar de 30km/h.

“Sou um tipo diferente de louca.”
Bea “conhece” Beck de uma forma MUITO inusitada e ela é imediatamente atraída para ele. Depois se reencontram na terapia de grupo. Beck é um menino que tem problemas maiores do que os dela. Ele também tem compulsões, mania (doentia) de fazer tudo em sequências de 8 e um problema muito sério com limpeza, com a pele da mão seca de tanto que ele a lava.

“Gosto demais do outro Beck para desistir dele.”
Beck parece ser o cara perfeito para complementar a natureza obsessiva de Bea. Mas quando os problemas até mesmo de Beck não podem ultrapassar os demônios na mente de Bea, ela vai ter que aprender a afundar ou nadar, e descobrir por conta própria, o quão muito longe realmente ela está. Os dois descobrem o quanto eles se assemelham.

“Chego à terapia muito, muito cedo. Uma hora inteira mais cedo, na verdade, porque gosto de ouvir o casal que faz terapia antes de mim. Algumas pessoas têm reality shows ou livros de vampiros. Eu tenho Austin e Sylvia.”
O escolhi por causa da arte da capa e também porque a sinopse soa um pouco intrigante. E eu estou muito feliz que eu li Uma História de Amor e TOC, que é doce, triste, e inteiramente viciante.
Então porque você deu 4 estrelas para o livro, Mazinha? Bom, é fácil de explicar, o livro é muito interessante, tem todo o lado romântico da questão e algumas partes engraçadas, mas, se você não está acostumado e literalmente entrar na cabeça de alguém, a leitura pode te deixar confusa. Só por isso, eu não tive esse problema, mas gosto de avisar.

“A mente humana é um lugar complicado... Nós segurar coisas, imagens, palavras, ideias, histórias que nós nem sequer sabem que nós estamos segurando.”

Espero que vocês gostem da resenha ao ponto irem ler o livro rs. Depois venham aqui me dá um joinha, ok? Aahh já ia esquecendo, eu já escolhi o livro da próxima resenha. 


Onde Encontrar Ima História de Amor e TOC: Para comprar: Saraiva; Amazon; Buscapé


Capa Original


Escrito por:

Mazinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS