25/01/2016

[Resenha #4]: Amor nas Entrelinhas - Katie Fforde @editorarecord

Título:  Amor nas Entrelinhas.
Autora: Katie Fforde.
Lançamento: Londres, Reino Unido-> 2010 / Brasil -> 2014
Editora: Londres, Reino Unido-> Editora Cornerstone / Brasil ->Editora Record
Páginas: 
400
Literatura: Estrangeira.
Gênero: 
Chick Lit.
Estrelas: 3 Estrelas


Sinopse: Prestes a ficar desempregada, Laura Horsley acha que o convite para ajudar na organização de um festival literário veio bem a calhar. Mas quando recebe a missão de convencer o famoso escritor Dermot Flynn a comparecer ao evento, ela é dominada pelo pânico. Dermot é temperamental, nunca sai de casa e enfrenta um bloqueio criativo. É também o escritor favorito de Laura, além de extremamente atraente e dono de uma longa lista de conquistas amorosas. Por isso, não é de surpreender quando ele diz que só vai participar do festival se ela concordar com uma única condição, que pode colocar em risco não só o sucesso do evento, mas também o coração de Laura.
Amor nas Entrelinhas é o livro perfeito para se sentar e desfrutar o momento. O modo que o livro introduziu a indústria editorial foi o mais interessante. Talvez por causa do foco livresco, se tornou um dos meus favoritos, tem várias dicas e podemos acompanhar os bastidores de trabalhar com algo que tanto amamos.

Quando Laura assume a difícil tarefa de ajudar a organizar um festival literário, ela também se depara com rastreando um autor irlandês indescritível e convencê-lo a participar do evento, eu meio que pensei que seria uma tarefa facílima para ela.

Infelizmente não foi tão fácil como eu pensei, porque um pequeno erro na comunicação deixou Laura caçando o escritor famoso irlandês Dermot Flynn que é o seu escritor favorito por anos além de ser conhecido por se recusar a fazer aparições públicas, ela decide tentar encontrá-lo e convencê-lo a fazer parte do festival. Mas ele é ranzinza, não cooperativo e irritantemente atraente...

O romance entre eles que me deixou um pouco frustrada, porque a atração entre eles está lá e é evidente, mas eu senti que eles estavam separados por motivos que a um relacionamento real parecia improvável e quando realmente se envolveram pareceu um pouco apressado. Além disso, tem uma pergunta durante o livro: se os sentimentos de Dermot são realmente reais em relação a Laura, e isso estava me frustrando. E Laura tímida demais para perguntar o que ele sentia. Acho que essa frustração é por eu ser uma pessoa direta e reta rs’.

Enquanto eles ficam ignorando seus sentimentos, Laura começa a abraçar seu sonho de se tornar uma editora. Ela finalmente sai do mundo rarefeito dos livros e agarra o futuro brilhante quem tem frente, apesar de seus pais não ficarem muito satisfeitos.

Alguns quotes

"Ao fechar os olhos ela se deu conta de que muito raramente havia desfrutado da natureza. Geralmente teria levando um livro junto e, mesmo que tivesse apreciado os arredores, não teria se entregado do mesmo modo."Página 124

"- Escrever é uma coisa estranha, efêmera - disse Dermot, acalmando possíveis águas turbulentas. - Nunca se sabe o que vai ajudar ou não vai."Página 205
 "- Você é tão adorável. Quando eu fico sentimentaloide, você é ácida, como uma gota de limão."Página 392


No todo, eu recomendo a leitura do livro, porque tem todo o lado “amor literário” e por ter um romance clichê, sim muito clichê, por um fato que se passa com Laura e eu não vou relatar. Há há há.

Mas para quem achar que ele é cansativo e enjoado, logo depois das 100 páginas as coisas começam a andar. E por esses fatos, minha nota é 3/5 estrelas.

Onde comprar Amor nas Entrelinhas: Amazon, Americanas, Submarino.

Capa Original

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS