02/12/2016

[Resenha #34] Transcendence - Shay Savage


"Beh... Ama... Ehd - ela sussurra e seus olhos brilham para mim exatamente como eles fizeram da primeira vez."



Título:  Transcendence
Autor (a): Shay Savage
Lançamento: 2014
Estante: Skoob - GoodReads
Editora: Shay Savage, LLC
Páginas: 312
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance
Estrelas: 5/5


Sinopse: Ehd um homem das cavernas vivendo por conta própria em um deserto áspero. Ele é forte e inteligente, mas completamente sozinho. Quando ele encontra uma bela jovem em sua armadilha, é óbvio para ele que ela é sua nova companheira. Ele não sabe de onde ela veio; ela está vestindo alguma roupa muito estranha e ela faz um monte de barulhos com a boca que lhe dão uma dor de cabeça. Ainda assim, ele está determinado a cumprir o seu propósito na vida - ​​sustentá-la, protegê-la e colocar um bebê em sua barriga.
Elizabeth não sabe onde ela está ou exatamente como ela chegou lá. Ela está confusa e aflita por sua situação e há um homem selvagem arrastando-a provavelmente para sua caverna. Ela não está de todo interessada nos avanços primitivos de Ehd e ela simplesmente não consegue fazê-lo ouvir. Não importa o quanto ela tente colocar seu ponto de vista a esse primitivo, mas bonito, o homem é uma constante e muitas vezes hilariante - luta. Com apenas um ao outro de companhia, eles devem confiar um no outro para lutar contra os perigos da vida selvagem e se preparar para os meses de inverno. Enquanto eles lutam para coexistir, isso se torna uma história de amor que transcende a linguagem e o tempo. Diz-se que as mulheres e os homens são de dois planetas diferentes quando se trata de comunicação, mas como eles podem superar os obstáculos de tempos pré-históricos, quando um deles simplesmente não tem a capacidade de compreender a linguagem?

Oi gente, tudo bem com vocês? Eu estou ótima e hoje vim falar de um livro que me faz feliz só em lembrar de como foi bom lê-lo.
Transcendence conta a estória de um neandertal e uma moça da cidade. Acho que assim todo mundo já pensa: "Aff, lá vem mais uma estória clichê." Só que não é bem assim, pelo menos eu não vi assim.

Ehd vive sozinho no árido e frio deserto, conta o tempo pelas estações do ano, muitas vezes deixa que a fome de meses o convença a caçar para sobreviver. Ele perdeu toda a sua tribo em um incêndio, por isso é confirmado com a solidão.

Não sabe falar, muito menos entende a linguagem de quaisquer outros seres. Mas vê sua vida mudar completamente quando uma humana (mulher), com cor em volta dos olhos, roupas estranhas e cabelos de cor e textura que o fazem ficar fascinado caí em uma de suas armadilhas de caça.

É assim que o homem das cavernas entende que a sua companheira, aquela que ele deve cuidar, sustentar, proteger e colocar um bebê dentro dela, chega até ele.
Elizabeth não sabe como foi parar ali é muito menos onde está. Ela se vê com um neandertal, bonito, mas que não entende seus apelos e ainda tenta "seduzi-la" de qualquer forma.

Eu acho que esse livro é meio mágico. Não pela "fantasia" da estória. Mas pela forma como Ehd e Beh constroem um relacionamento - amor - desde o zero.
É bonito, é envolvente, é emocionante, e cativante vê que mesmo com todas as dificuldades eles enfrentam, mesmo sendo um neandertal, e uma humana normal, eles constroem uma família, se amam e passam uma vida juntos.

Quando o maior desejo de Ehd se realiza, sim, ele tem o desejo de pôr um bebê dentro da sua Beh. Quando ela fica grávida do primeiro bebê, eu meio que imaginei uma tragédia, dessas que a mulher morre o homem tem que cuidar do filho sozinho. Mas não é assim que acontece.

Ehd passa muitos e muitos anos com sua companheira barulhenta, que constrói objetos estranhos, mas que facilitam a vida. É Beh aprende que amor é a coisa mais linda e pura que possa existir.

Não tenho palavras suficientes para expressar meu amor por essa obra prima da Shaay Savage. Até o final do livro é surpreendente. O único ponto negativo é que esse livro não é em português.

Eu ganhei o e-book (li pelo Kindle), de uma amiga minha, beijos Issa ;* 😍💗
Mas é desses livros que merecem uma edição física e de capa dura, sabem? rs' #mazideixaadica haha

Queria muito ter um zilhão de fotos para mostrar a vocês, mas infelizmente não tenho. Mas vou deixar para vocês um trecho dos que mais amo no livro.  

"Eu teria feito qualquer coisa por ela antes, simplesmente porque ela era minha para proteger e porque eu queria colocar um bebê dentro dela, mas ela fazer aquele objeto mudou tudo."

Bom pessoal, espero que tenham gostado da resenha e me digam se ficaram curiosos para ler esse livro amor do amor.


See ya, beijos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS