27/01/2017

[Resenha #39] Na Sua Pele - Jay Crownover @VREditorasBR

Título:  Na Sua Pele (Homens Marcados #1)
Autor (a): Jay Crownover
Lançamento: 2015
Estante: Skoob - GoodReads
Editora:  V&R
Páginas: 328
Literatura: Estrangeira
Gênero: New Adult
Estrelas: 5/5

Sinopse:  Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.

Se você me dissesse que ao final deste livro eu estaria completamente apaixonada por um punk badboy todo tatuado, eu lhe diria que você está louca, mas ao fim da leitura era exatamente assim que eu estava.


Na Sua Pele é o primeiro volume da série Homens Marcados. E vamos esclarecer alguns pontos antes de tudo, Marcados é o nome do estúdio de tatuagem que o Rule trabalha. O proprietário é o Phil, que acolheu o Rule,o Nash (que é sobrinho dele), o Jet e o Rowdy, que são amigos desde a infância, e também a Cora.

Na Sua Pele temos a história de Rule Archer, um badboy encrenqueiro, mulherengo e tatuador talentoso, mas que depois da morte de seu irmão gêmeo, Remy, luta para conviver com a mágoa da mãe que o culpa pela morte do irmão e com a própria culpa. O badboy não liga para o amanhã e quer viver apenas o momento com o maior número de mulheres que ele conseguir. 

O Rule, apesar de toda a pose de badboy mal encarado, é um amorzinho e ficou impossível para mim não me apaixonar por ele. O amor que ele mostra ter pelo irmão mais velho e pelo irmão gêmeo que morreu, a culpa que ele sente pela morte do irmão. A dor por somente ser repreendido pelos pais e nunca elogiado, tudo isso faz com que eu me sentisse tão próxima dele, como se eu fosse um dos amigos dele. 

"Era meu irmão gêmeo idêntico, e a gente se completava: ele era a luz, eu era as trevas; o fácil contra o difícil; a alegria e a angustia; perfeição perto do zoado. Sem ele, vou ser sempre incompleto."

Shaw é uma menina rica, filha de pais divorciados que não ligam muito para ela e é  a melhor amiga de Remy. Ela foi acolhida pela família Archer e todos pensavam que ela namorava o gêmeo bom, Remy, porém, ela sempre foi completamente apaixonada por Rule desde a adolescência. 


"Porque sempre te quis, mesmo quando não queria querer, até quando isso partia meu coração em mil pedaços. Sempre quis você."

Após a morte de Remy, a família Archer ficou destruída e a mãe de Rule o culpou pela morte do irmão gêmeo. Com o mais velho dos irmão Archer longe, Shaw toma pra si a tarefa de tentar consertar a família e todo domingo arrasta Rule até a casa dos pais dele para um brunch, até que num domingo, cansada de ver Rule ser maltratado pela mãe, ela se enfurece e decide que não vai mais voltar na casa da família Archer até o badboy ser aceito pela mãe.

E é aí que a confusão começa. 

Mas você deve estar se perguntando, "Tá, mas cadê o romance?"

O romance começa agora. No dia do aniversário da nossa mocinha, após algumas bebidas, as coisas entre ela e Rule esquentam e acabam pegando fogo. E bota fogo nisso, é quase um incêndio de proporções épicas, de tão quente que foi a coisa. Agora se essa história deu certo ou não, aí você terá que ler para saber.

No meio de todo esse romance que rola no livro, nós somos apresentados aos personagens que serão os protagonistas dos próximos livros. E o casal do próximo livro é Jet Keller, amigo do Rule, e Ayden Cross, amiga da Shaw, mas temos também Rowdy e Nash que são  tatuadores da Marcados, Cora que é a gerente da Marcados e o Rome, irmão do Rule e amigo da Shaw.

Eu nunca tinha lido nada da Jay e passando pela loja da Kobo me deparei com esse livro, fiz uma pesquisa rápida entre minhas coleguinhas pra saber se elas conheciam e elas me falaram que era a melhor série que elas já tinham lido. Ainda assim eu comecei a ler com o pé um pouco atrás, porque eu não levei muita fé na capa (sim, eu julgo o livro pela capa e nunca me decepcionei u.u), mas, para minha total surpresa, eu devorei esse livro e comprei todos os livros da série e só estou escrevendo essa resenha porque eu me forcei a parar a leitura do 4° livro da série. Eu não preciso dizer que amei o livro, porque eu acho que isso já ficou bem explicadinho.

Eu  dei cinco estrelas porque eu gostei da escrita da autora e gostei da história. Amei o Badboy tatuado. E, nas resenhas dos próximos livros, vocês vão conhecer mais alguns tatuados maravilhosos e inesquecíveis.

Até a próxima resenha e comentem a opinião de vocês aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS