03/03/2017

Resenha
#45 Desejos do Destino - Jay Crownover @VREditorasBR

Título:  Desejos do Destino (Homens Marcados #5)
Autor (a): Jay Crownover
Lançamento: 2016
Estante: Skoob - GoodReads
Editora:  V&R
Páginas: 324
Literatura: Estrangeira
Gênero: New Adult
Estrelas: 4/5
Sinopse: Rowdy St. James é uma paisagem que todas as mulheres gostam de admirar. Seus olhos azuis, seu topete loiro quase sempre perfeito e as obras de arte gravadas em seu corpo arrancam roupas e suspiros. Quem vê o tatuador old school sempre tão charmoso e confiante com as garotas que leva para cama, nem imagina a desilusão que ele teve com seu primeiro amor. Salem Cruz fugiu de casa aos 18 anos, deixando sua irmã e o melhor amigo para trás. Ela sempre quis ser livre e passou anos mudando de cidade. Os caminhos de sua vida cigana a levaram para Denver e também ao encontro da única lembrança que preenchia o vazio de sua alma. Quando o destino resolve colocar essa mulher novamente na vida do tatuador, todo o passado dele vem à tona: as irmãs Cruz partindo seu solitário coração de diferentes formas. Há muita tensão e dúvidas entre eles, além de um amor adolescente. Rowdy até tenta se afastar de Salem, mas sente um enorme desejo de agarrá-la e nunca mais deixá-la partir.

Gente, alguém coloca o Rowdy num potinho e protege ele do mundo, por favor?

Toda vez que alguém dizia pro Rowdy que ele encontraria a mulher da vida dele, ele dizia que já havia encontrado e que ela havia ido embora. Ele não poderia estar mais certo, mas ainda assim estar totalmente errado.

Rowdy St. James ficou órfão aos seis anos e foi morar na casa ao lado a das irmãs Cruz. Salem e Poppy eram filhas do reverendo da cidade, um homem que na igreja era amado por todos, mas em casa era extremamente severo com as filhas e a mulher e reprimia qualquer tipo de comportamento que fosse contrário ao que ele pensava ser certo. Poppy era a filha submissa e obediente, que fazia tudo que o pai dissesse.  Já Salem era rebelde por não seguir as ordens do pai, sendo Rowdy a única alegria em sua vida. Mas, ao completar 18 anos, a bela fugiu de Loveless deixando pra trás a família que não a compreendia, sua irmã mais nova e Rowdy, seu único amigo.

Dez anos depois, Rowdy possui uma carreira de sucesso como tatuador em Denver, possui uma família formada por seus amigos e um lar. Mas tudo está preste a mudar quando Phil exige que Nash contrate Salem para ser a gerente do novo estúdio (isso acontece em Chamas do passado). Rowdy conhece a nova funcionária do estúdio e não acredita quando vê que ela é a sua melhor amiga que o abandonou quando ele era adolescente.
Era minha melhor amiga e, quando ela se foi, fiquei perdido. Ela foi embora sem nem se despedir, e essa foi a segunda vez na minha vida em que me senti abandonado.
Todas as feridas que ele achou que estavam curadas e esquecidas foram reabertas. A brincadeira de gato e rato começa. E o Rowdy tenta a todo custo fugir de Salem, até que seus amigos percebem e Ayden consegue convencer ele a conversar com Salem.  Mas o que Salem não esperava é que, após largar toda sua vida e ir atrás de Rowdy, era ela quem iria correr dele.

Após algumas páginas de enrolação, Rowdy descobre que pode não estar tão só no mundo quanto achava. Quando as coisas não poderiam estar melhor para o casal, Poppy aparece na porta da irmã completamente destruída e as inseguranças de Salem estão sendo postas a prova.

 Eu confesso que enrolei para terminar esse livro. Os outros eu praticamente devorei em um dia, mas esse livro eu levei quase uma semana para ler. Eu dei quatro estrelas porque teve uma enrolaçãozinha no meio do livro que eu achei desnecessária. No geral o livro é bom e bem envolvente, com uma carga maior de drama do que nos livros anteriores. O casal do próximo livo é o Asa e a Royal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS