17/03/2017

Resenha #48
A Garota do Calendário: Abril - Audrey Carlan @verus_editora

Obs.: Antes de começar essa resenha eu já aviso, pode conter spoiler dos livros anteriores.


Se você ainda não leu os outros livros da série, eu sugiro que você pare de ler essa resenha agora mesmo e vá ler os livros anteriores e suas respectivas resenhas. Você pode ler as resenhas de :

Janeiro                            Fevereiro                           Março 


Título:  A Garota do Calendário: Abril
Autor (a): Audrey Carlan
Lançamento: 2016
Estante: Skoob - GoodReads
Editora: Verus
Páginas: 160
Literatura: Estrangeira
Gênero: Erótico, romance
Estrelas: 3,5/5
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.

Após os acontecimentos do mês de março, Mia está agora em Boston para encontrar seu novo cliente, que é nada mais, nada menos que o astro do Beisebol, Mason Murphy. Mason é o arremessador do time de beisebol Red Sox, que está vendo sua carreira ir de vento em popa e nunca ouviu um não de mulher alguma.

Mia precisa fingir que é namorada de Mason para afastar a má fama de garanhão diante dos patrocinadores.  Esse é, com certeza, o trabalho dos sonhos dela, pois o Red Sox é seu time preferido, ela pode se vestir como quiser e vai se divertir bastante.O que Mia não esperava era que Mason se mostrasse uma pessoa muito difícil de lidar. Ele é machista,arrogante com as mulheres e não sabe ouvir um não. 

De início Mia se rende a beleza dele, mas com um pouco mais de observação e convivência ela percebe que toda essa atitude dele é apenas uma fachada. E que por trás de tanta arrogância está escondido um amor não correnpondido, ou assim mason pensava até Mia chegar e começar a mexer seus pauzinhos. 

Mason é apaixonado por sua relações públicas, Rachel, que por sua vez também é apaixonado por ele e foi ela quem contratou Mia. Ele acha que Rachel é muita areia pro caminhãozinho dele, já que ele é um jogador de beisebol de origem pobre que não pode ver mulher e muito festeiro. Rachel, por sua vez, é uma mulher centrada em seu trabalho e muito diferente de Mason, por isso acha que ele não a vê como mais do que uma amiga.

Mia percebe se empenha para unir o casal, mas, após conseguir, acaba bebendo mais do que deveria e fazendo algo que atrapalha a relação do casal. 

Wes também aparece para encontrar sua amada, mas trás consigo uma revelação (que pra mim já era de se esperar) que Mia não gosta muito e não leva numa boa (o que eu achei palhaçada da parte dela, mas tudo bem). Temos também a aparição de Alec, o cliente de fevereiro (algo que eu achei sacanagem da Mia com o wes).

Esse livro me despertou um misto de sentimentos. Eu achei bem interessante a maneira como a Mia ajudou mais um casal a se entender e como ela ajudou na arrecadação de fundos para mulheres com câncer de mama, mas eu tenho uma má impressão da Mia e das atitudes dela. A série não é nenhum grande best seller, mas para uma leitura rápida é um livro que vale a pena ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS