16/08/2017

Resenha #82
Para Sir Phillip, Com Amor (Os Bridgertons #5) - Julia Quinn @editoraarqueiro

Título: Para Sir Phillip, com amor (Os Bridgertons #5)
Autor (a): Julia Quinn
Lançamento: 2015
Estante: Skoob - GoodReads
Editora: Arqueiro
Páginas: 276
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance,, Romance de época
Estrelas: 4/5
Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.



Acho que eu já falei nas resenhas anteriores dos livros da série Os Bridgertons o quanto eu amo a escrita. A cada livro eu fico cada vez mais encantada com ela e ao final da história eu estou completamente arrebata por seus personagens. No entanto, nesse livro foi um pouco diferente, eu não me senti assim. A história aconteceu de maneira muito rápida, ao mesmo tempo que aconteceu de maneira muito demorada. Não sei se foi a história ou se eu que não estava no clima para a leitura, mas algo não fluiu muito bem dessa vez. 

Tendo isso em mente, vamos à história do livro.

Em Para Sir Phillip, Com Amor, temos o desenrolar de Eloise, que fugiu no fim do livro anterior, Os Segredos de Colin Bridgerton. (Se você achou que isso é spoiler, pode parando de ler essa resenha e leia as anteriores pois nesse livro temos alguns spoilers sobre a vida dos irmãos de Eloise).

Eloise nunca se importou de ser solteirona e sempre encarou isso de maneira bem natural, uma vez que sua melhor amiga estaria junto com ela. Mas então, Penélope  se casou com seu irmão Colin e Eloise se vê perdida e pela primeira vez sem saber o que fazer da vida. É aí que ela pensa em algo um tanto improvável antes do casamento de seu irmão...

Phillip é um homem com muitos traumas e problemas e o principal deles é não saber o que fazer com sua vida e com seus filhos após a morte de sua esposa. Ele possui dois filhos que são bastante atentados e não sabe como ser um pai para eles, pois toda vez que se aproxima dos gêmeos teme ser como o pai dele. 

Phillip, que se correspondia com Eloise desde a more de sua esposa, resolve fazer a jovem uma proposta de casamento, que Eloise aceita de maneira um tano abrupta para alguém da classe dela. Ela foge de casa no meio de uma festa e  chega à casa de Phillip sem avisar e sem uma dama de companhia.

A partir daí a história se desenrola e eu não vou contar mais, pois esse livro é bem intenso e eu posso contar algo que vá tirar essa sensação de intensidade de quem for ler. Mesmo que esse livro não tenha funcionado tão bem para mim como os anteriores, é um livro espetacular. Julia Quinn soube levar bem a história e como sempre temos os outros irmãos Bridgertons metendo o bedelho na vida da irmã, mas até que dessa vez eles estavam certos. Temos a participação de todos os Irmãos Bridgertons que vão "salvar a honra" da irmã, inclusive o pequeno Gregory, que já não é mais tão pequeno. 

Phillip é um homem traumatizado e com muitas inseguranças. Ele espera resolver todos os seus problemas com o casamento e apenas se preocupar com sua estufa, mas ele percebe que a vida não é exatamente como queremos. Em alguns momentos é impossível não querer dar uns tapas nele, mas Eloise é uma mulher bem compreensiva e essa compreensão dela me fez atenuar a raiva que senti dele.

Eloise é uam pessoa determinada e bastante curiosa, muitas vezes agindo por impulso. Mesmo com problemas, ela não se abate e tenta de todas as formas resolver seus problemas. Ela tem em Phillip uma saída para a falta de rumo e os sentimentos que surgiram com o casamento de Penélope e Colin, ao mesmo tempo que sente a necessidade de ajudá-lo coma tragédia e o sentimento de culpa que ele vive.

Além de todos esse drama que é a vida de Phillip e a intensidade de Eloise, temos as peripécias dos gêmeos que, de maneira bastante rebelde e divertida, roubam a cena. Infelizmente, nesse livro, não teve as fofocas de Lady Whistledown que descobrimos quem ela era no livro anterior. 

Apesar do livro ser bom, eu dei 4 estrelas porque a história não fluiu tão bem quanto as anteriores. Em alguns momentos a história corria de maneira bem rápida e eu me via completamente envolvida, mas de repente isso sumia. Eu não consegui identificar o que realmente estava me atrapalhando na leitura, mas algo me incomodou e só por isso eu não vou dar 5 estrelas.

O próximo livro é o livro da Francesca e eu confesso que estou bastante curiosa no livo dela, porque ela é sempre citada nos livros dos irmãos que dizem que ela mora na Escócia onde seu falecido marido morava.

E você, já leu a série  Os Bridgertons? Me conta aí nos comentários o que você achou.
Beijo e Até a próximas! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANUSCRITO LITERÁRIO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS