Título: Entre o Agora e o Nunca
Autor (a): J. A. Redmerski
Lançamento: 2013
Estante: Skoob - GoodReads
Páginas: 368
Editora: Suma de Letras
Literatura: Estrangeira
Gênero: New Adult, Romance
Estrelas: 4,5/5

Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Hoje eu trouxe para vocês a resenha desse livro lindo, Entre o Agora e o Nunca. Esse livro é repleto de rock clássico, romance e bastante drama. Eu li ele há algum tempo e achei a história muito linda e a trilha sonora mais perfeita ainda.

Entre o Agora e o Nunca é um romance da autora J. A. Redmerski e faz parte de uma duologia. O livro conta a história de Camryn e Andrew, que se conhecem num ônibus, ambos com uma bagagem bem pesada nas costas e muito sofrimento no coração. 

Após seu namorado morrer num acidente de carro, Camryn se vê sem perspectiva quando sua melhor amiga dá para trás com o plano de morarem juntas, seu irmão é preso após matar uma pessoa num acidente de carro e seu emprego não tem nada a ver com ela, então ela decide pegar todo seu dinheiro, comprar uma passagem para qualquer lugar dos Estados Unidos e sair sem rumo.

Dentro do ônibus, Andrew, após perceber algo suspeito, se senta ao lado de Camryn e assim começa a jornada de nossos protagonistas. Sabemos desde o início que o fim da jornada de Andrew não será tão feliz assim, já que ele está indo visitar o pai que está no hospital à beira da morte por causa de um câncer, mas a o fim da jornada de Camryn é um mistério, pois ela não sabe onde quer ir, nem onde quer chegar e menos ainda o que ela quer ser. Para Camryn essa viagem é uma oportunidade de achar um caminho à seguir, um rumo. Para Andrew, é uma maneira de protelar o destino eminente. 

O pior tipo de choro não era o tipo que todo mundo poderia ver, o choro nas esquinas, as lágrimas sobre a roupa. Não, o pior tipo acontecia quando sua alma chora e não importa o que você faça, não tem como confortá-la. Um pedaço murcha e vira uma cicatriz naquela parte da sua alma que sobreviveu.

Juntos, Andrew e Camryn vão enfrentar várias coisas e embarcar numa louca viajem de carro pelos Estados Unidos repleta de música, principalmente rock'n roll, e tentar descobrir quem realmente eles são e quem eles querem ser.

No meio dessa viajem, Andrew e Camryn começam uma amizade linda onde, juntos, eles curam as tristezas e incertezas um do outro. Eles começam uma dupla também, para se apresentarem em determinada parte da história, e cada música tocada torna a história mais perfeita ainda. Se você for como eu e gostar de ouvir a trilha sonora enquanto lê, você terá uma experiência maravilhosa

Entre o Agora e o Nunca é um romance sexy, envolvente e repleto de música, uma história de amor, amizade, carinho e companheirismo. Narrado hora por Camryn e hora por Andrew, o livro nos dá a perspectiva exata do que está se passando pela cabeça de nossos protagonistas. 

A autora J. A. Redmerski possui uma escrita bem simples e envolvente. O livro me ganhou por ter uma história que tinha tudo para ser clichê, mas que a autora soube levar muito bem a história e nos dar um final muito surpreendente, do qual eu em momento algum pude prever, e personagens bem reais e cativantes, com problemas reais que poderiam ser meus ou seus problemas. 

— Bom, acho que talvez meu pai é que tava certo… Ele sabia das coisas e usava aquele papo furado de homem-não-chora pra disfarçar.
— Pra disfarçar o quê?
— Que nada dura pra sempre… É melhor evitar a emoção do que cair na conversa dela e virar escravo dela, e como nada dura pra sempre, no fim, tudo o que um dia foi bom sempre acaba doendo pra cacete.

A história é bem profunda, com uma carga de drama bem grande, mas a autora consegue levar essa carga de maneira bem suave e no fim do livro você só quer pegar os protagonistas, Andrew e Camryn, e abraçar bem apertado e colocá-los num potinho parra que eles fiquem seguros e salvos do mundo. 

O livro possui também algumas cenas de sexo e algumas são bem detalhadas, mas como a autora escreve de forma leve, as cenas não se tornam o foco da história e nem são muitas. Eu recomendo o livro, a leitura é bem fácil e flui muito bem. Rapidinho eu li o livro e comecei a ler o próximo. Enfim, eu recomendo muito esse livro. Ele é um dos meus queridinhos!

Deixa aí nos comentários se você já leu esse livro e o que você achou dele, eu vou adorar saber! 
Beijos e até a próxima!

Deixe um comentário