Título: O Destruidor de Corações (MMA Fighter #1)
Autor (a): Vi Keeland
Lançamento: 2013
Estante: Skoob - GoodReads
Páginas: 310
Editora: Charme
Literatura: Estrangeira
Gênero: New Adult, Romance
Estrelas: 4/5


Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo. Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela estánamorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata... e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle.
Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda... para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.

O Destruidor de Corações foi mais um daqueles livros que eu comecei a ler apenas para passar o tempo e curar uma ressaca, sem saber muito sobre o enredo e o que esperar dele. Minha surpresa ao perceber que após algumas horinhas o livro estava tão bom e eu já estava no final dele foi grande. E vou te contar, eu gostei bastante do livro.


O livro tem a narrativa dividida entre o ponto de vista de Elle e o de Nico. E é através da visão dos dois que nós conhecemos nossos protagonistas e os traumas que carregam por causa de seus passados. 

Logo no início somos apresentados à Elle, uma jovem advogada bem sucedida e que acredita ter uma vida boa, com um trabalho que gosta e um namorado que não lhe exige muito e lhe apoia em seu trabalho. No entanto ela sabe que sua vida é um pouco chata, mas não vê problema nisso, pois é exatamente o que ela acha que quer e precisa. 

Nico é um lutador campeão de MMA, que ganhou a fama de destruidor de corações. Ele possui um charme irresistível e uma aparência linda de derreter calcinhas, ele consegue deixar qualquer mulher louca por ele e não esconde sua fama de mulherengo. Mas, desde um trágico acidente onde ele matou outro lutador durante uma luta, ele nunca mais entrou no octógono, mesmo que os juízes tenham considerado a luta limpa.

A vida de Elle parecia totalmente controlada, até que ela conheceu Nico "Destruidor de Corações" Hunter que a procura em busca de ajuda para quebrar um contrato empresarial  e tudo que ela acreditava controlar e precisar para sua vida não é mais o suficiente e ela se vê disposta a abrir mão disso tudo e até mesmo ter seu coração destruído por ele só para ter a chance de ser mais uma na cama dele.

Porém, para Nico Elle tem uma chama escondida em seus olhos e talvez ela possa ser a chance de ter algo bom em sua vida, mesmo que ele não mereça isso. 

A história tem um começo bem clichê: a mocinha é apresentada ao mocinho, logo eles sentem uma atração forte um pelo outro e a história segue por aí. Mas, a grande diferença aqui é que, os personagens possuem uma química tão grande entre eles que você realmente acredita que eles se amam e não que eles acabaram de se conhecer.

Porém, a autora deu um pequeno deslize no enredo quando Elle, que até então não queria se envolver em nenhum drama, no primeiro encontro já se vê tendo dúvidas de suas convicções. Por outro lado, Nico, com sua postura familiar, foi o ponto alto da história. Apesar de a primeira vista achar que ele seria mais um personagem bad boy clichê, ele me surpreendeu sendo totalmente o oposto disso, um cara de família e que por conta disso fica totalmente arrasado após o acidente no octógono.

A autora descreveu tão bem as cenas de MMA, que eu me imaginei sentada lá na platéia assistindo a luta ao vivo. Confesso que até imaginei a voz do narrador que fica narrando as lutas (não sei o nome dele).

Eu gostei bastante do livro. A autora soube levar bem o livro, que tinha tudo para ser totalmente clichê, mas que, apesar disso, é bem cativante. Como já disse, quando comecei a leitura de O Destruidor de Corações não sabia ao certo o que esperar e nessas situações eu prefiro não elevar as expectativas para não me decepcionar, talvez por isso eu tenha me surpreendido bastante com o livro. Sobre a diagramação eu não posso falar porque eu li no Kindle, em formato ebook. Eu dei 4 estrelas porque a culpa que o Nico carregava consigo me pareceu um pouco exagerada se levado em comparação com os traumas da Elle, isso me incomodou um pouco. Mas eu recomendo o livro para quem gosta de romance com uma pegada bem hot, mas sem deixar de lado o clichê.

Beijos e até a próxima!

Deixe um comentário