Resenha #134
Brumas do Tempo - Karen Marie Moning @Verus_Editora

Título: Brumas do Tempo (Higlanders #1)
Autor (a): Karen Marie Moning
Lançamento: 2017
Estante: Skoob
Páginas: 308
Editora:  Verus
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance, erótico
Estrelas: 4/5
Um sedutor lorde escocês...Ele é conhecido no reino como Falcão, o lendário predador nos campos de batalha e na cama. Nenhuma mulher resiste ao seu toque, mas nenhuma jamais conseguiu mexer com o coração dele — até uma fada vingativa tirar Adrienne da Seattle dos dias de hoje e transportá-la para a Escócia medieval. Presa em um século que não é o seu, ousada demais, franca demais, Adrienne representa um desafio irresistível para esse conquistador do século XVI. Forçada a se casar com Falcão, Adrienne jura manter distância do marido — mas o poder de sedução dele vai destruir lentamente a determinação dela.
Uma prisioneira no tempo...Adrienne tem o “não” na ponta da língua para o notório lorde escocês, mas Falcão jura fazê-la sussurrar seu nome com desejo, implorando que ele a incendeie de paixão. Nem mesmo as barreiras do tempo e do espaço o impediriam de conquistar o amor dela. Apesar das incertezas sobre seguir seu coração apaixonado, a hesitação de Adrienne não é páreo para a determinação de Falcão de mantê-la a seu lado.

Livro cedido pela Editora em um evento da Aliança de Blogueiros do RJ

Já tinha um tempo que eu queria ler a série dos Higlanders, mas, compradora de livros compulsiva como sou, sempre tenho mais livros para comprar  do que dinheiro, então eu estava protelando um pouco, mas no evento da Aliança de Blogueiros do RJ eu recebi esse livro para resenhar e eis que chegou o momento de eu enfim ler e contar para vocês o que eu achei.

Em Brumas do Tempo, primeiro volume da série Higlanders, nós iremos conhecer a história de Falcão e Adrienne, um casal totalmente improvável e bastante teimosos. 


O livro se inicia com a Rainha das fadas contando para seus súditos sobre um homem que a encantou, não apenas com sua beleza como também por seus feitos na cama. A Rainha com sua história, deixa seus homens na corte com inveja, principalmente o Rei e o Bobo da corte. E juntos eles tramam uma vingança contra esse mortal que ousou tocar em sua Rainha e planejam mostrar ao homem que ele não é páreo para o povo das fadas.

Esse homem é Falcão, que passou anos sobre o poder do Rei James, que o tornou o prostituto da corte, fazendo com que ele fosse obrigado a ter relação com qualquer mulher e, ao contrário do que se esperaria, ele não ficava feliz com isso. Mas, por conta disso, ganhou a fama de ser um amante habilidoso. No fim de seu tempo sobre o domínio de James, o Rei  lhe dá uma última "missão", ele deve se casar com uma mulher que é considerada louca e da qual ninguém nunca viu pessoalmente. E caso ele não se casa com ela, o Rei irá destruir seu clã e o clã da família dela. 



É a partir desse casamento que o Bobo vê sua oportunidade de se vingar de Falcão. Ele procura em todos os tempos uma mulher que seja capaz de dizer não a Falcão, resistir a seus encantos e tão bonita que ele se apaixone por ela. Assim, o Bobo acaba encontrando Adrienne nos tempos atuais, ela esbraveja para todos os lados que não confia em homens bonitos e que nunca mais irá se apaixonar por um. Ele vê nela a mulher certa para seus planos e a leva para o século XVI para que ela assuma o lugar da suposta noiva de Falcão. (Parece estranho, mas há fatores que a obrigam a assumir a identidade da moça.) 

Quando Falcão finalmente conhece sua esposa, que ele acha que é completamente louca, é Adrienne quem ele conhece e que parece estar em seu juízo perfeito, se não fosse o fato dela dizer ter vindo do futuro. Como sua esposa não é nada do que ele esperava encontrar, Falcão logo se apaixona por ela, mas precisa conquistar a moça que parece não gostar muito dele e estar interessada em outro homem, Adam, o ferreiro, que nada mais é do que o Bobo disfarçado de mortal. 

No decorrer da história acompanhamos Falcão cada vez mais frustado por não conseguir conquistar sua esposa e não consumar seu casamento, além de estra preocupado que ela possa realmente estar se apaixonando por outro homem. Adrienne é extremamente teimosa em relação a seus sentimento por Falcão e sempre que tem a chance de consertar as coisas e finalmente ser feliz, ela começa de teimosia e acaba estragando tudo ao fingir interesse no ferreiro. E temos Adam, que a todo custo tenta infernizar a vida de Falcão e conquistar Adrienne.



Paralelo a toda essa confusão, os protagonistas precisam lidar com o fato de que alguém está tentando matar Adrienne e eles não sabem o porquê. Eles acabam entrando no meio do jogo das fadas, tentando manter Adrienne viva enquanto ambos são teimosos demais para ficarem juntos.

Toda essa teimosia me irritou bastane em alguns momentos, principalmente por parte de Adrienne, que de tão teimosa que se mostrou em nenhum momento deu chance de Falcão de se explicar o que realmente aconteceu em seu tempo sobre o domínio do Rei. Ela simplesmente tomou como verdade que ele era um cafajeste e acreditou nisso com unhas e dentes. Eu entendi que ela tinha os traumas dela e que foi usada de uma maneira horrível, mas achei muito imaturo da parte dela não dar a ele nenhuma chance, já que ele não era uma pessoa ruim.

A autora criou personagens bem comuns em histórias do tipo. Adrienne não tem nenhum a dificuldade de se adaptar a mudança de época e parece que na verdade ela nasceu no tempo errado. Falcão, como já era de se esperar, é um guerreiro muito bonito e capaz de fazer qualquer coisa por aqueles que ama, inclusive se sacrificar para salvar seu povo. E o Bobo é um clássico vilão, daqueles que nos deixam irritados por só atrapalhar nossos protagonistas.  Outros personagens que também chamam a atenção é Lídia, a mãe de Falcão, ela é uma mulher encantadora e bem resolvida, não passa a mão na cabeça de Falcão se ele estiver errado só porque é sua mãe, ela acaba dando alguns empurrõezinhos na relação do filho com Adrienne.  E temos também Grimm, amigo de Falcão, que no início do livro vê uma estrela cadente e deseja que o amigo se apaixone por uma mulher que lhe diga não e passa o livro todo se sentindo culpado por isso, ele é o protagonista do próximo livro da série. 



O livro apesar de ser um romance, tem uma pegada de fantasiam com as fadas que manipulam os protagonistas a todo momento, e de Sci-fi com as viagens no tempo, mas não se apegue achando que você encontrará muito disso na história porque esse elementos são apenas para ajudar no enredo e não são muito desenvolvidos na história que tem seu foco no casal e no desenvolvimento da relação deles dois. 

A diagramação do livro está boa. A capa é bem bonita e tem muito a ver com a história. A escrita da autora é bem fluida e eu li rápido a obra, mas, apesar de ter gostado do livro, eu dei 4 estrelas porque achei que não foi tudo que eu achei que seria. A leitura foi boa, mas eu esperava um pouco mais  do desenvolvimento. Eu achei a Adrienne muito teimosa e isso me irritou um pouco. eu sei que o foco da série são os casais, mas a autora poderia ter desenvolvido um pouco mais a parte das fadas, como a Rainha teve envolvimento com Falcão, isso é algo que eu gostaria de ter viso um pouco mais e não apenas o Bobo tramando contra os protagonistas o tempo todo. 

No geral o livro é bom, mas não é espetacular. Ele com certeza poderia ter sido melhor, porém é uma leitura gostosa de se fazer e para quem gosta de romances com a temática Highlander essa é uma boa pedida.

 Beijos e Até a próxima!

12 comentários:

  1. Conheço a escrita da autora.. Não curti a premissa desse livro e não vou ler.. Dessa vez eu passo a dica.
    Mas conheço muita gente que ama e vou indicar seu post.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, não conheço a escrita da autora, mas pela capa e sinopse espero que o livro seja maravilhoso, mas pela sua resenha vi que não é rs
    Uma pena,apesar de ter vários elementos que eu gosto. Já tenho na estante, pretendo ler em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente eu não curti a capa e menos ainda a premissa do livro. Adrienne e Falcão não me chamaram a atenção, mas acho que o que mais contou foi o fato de misturar essa pegada de fantasia ao enredo. Dessa vez eu passo a dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e a autora, achei a capa bem razoável e infelizmente a premissa não me conquistou, mas gostei da sua resenha, ficou bem escrita e organizada. Dessa vez não vou anotar a dica!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Não conhecia essa série, na verdade, nem a autora, confesso que em outra situação não daria tanta atenção ao livro, mas lendo sua resenha consegui sentir vontade de ler e tirar minhas próprias conclusões. Anotarei a dica!

    ResponderExcluir
  6. Oiee,
    Não conhecia o livro, e apesar de imaginar o enrolo no cérebro, fiquei bem curioso, na trama existem vários elementos que me agradam, romance histórico, viagem no tempo e homens destemidos hahahahaha
    Adorei a dica, mais que anotada.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Sinceramente, a premissa dessa história não me chamou a atenção. Parece que tem elementos que já li há muito tempo e que não tenho mais paciência para esse tipo de leitura. Em todo o caso, se tiver oportunidade de ler, por que não?
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Normalmente personagens teimosos demais me irritam muito durante a leitura. E eu também não curto muito ler sentindo que uma simples conversa poderia ter resolvido todo problema do enredo. São dois elementos que me deixam bem frustrada durante a leitura, por isso é um livro que eu não leria no momento. Quem sabe mais para frente?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oie!

    Já vi e ouvi muitas pessoas falando super bem dessa série, mas ela não desperta meu interesse, dificilmente me dou bem lendo obras com essa temática, então por mais que eu ame as capas e ache as propostas muito boas, eu passo a dica por enquanto!

    Bjss

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bom?

    Já tinha visto esse livro e estava em dúvida se eu queria ler ou não, mas depois da sua resenha, acabei deixando o livro lá para o fim da lista de desejados. Apesar de você ter gostado, não sei se vou ter a paciência de aguentar a Adrienne e sua teimosia, pois isso é uma característica que me irrita em personagens. Por outro lado, também temos fantasia e ficção científica que não exatamente explorados e não sei se a mistura de viagem no tempo + romance + highlanders + fadas vai me convencer. Acho que só lendo para saber mesmo, mas vou deixar essa dica passar, por enquanto.

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Pela primeira vez não sei o que dizer sobre um livro. Gosto da temática, mas teimosia demais irrita. Por um lado deu vontade de ler, mas por outro é capaz que eu o abandonase, mocinhas com personalidade são legais, mas teimosas demais ai ai ai sei não. Bem, enquanto não decido o que pensar sobre o livro vou adiante, se um dia vou ler ele ou não, boa pergunta! Mas ainda assim, foi bom conhecer. Quem sabe, quem sabe, ler ou deixar pra lá, eis a questão! Bexus @entrelivroseexpressos

    ResponderExcluir
  12. Oi! Que pena que o livro não foi tão maravilhoso assim, e que algumas atitudes dos personagens acabaram sendo irritantes. Achei a coisa da viagem no tempo da mocinha meio com uma pegada de carina rissi, mas gostei de saber que não foca tanto nessa viagem, pois não gosto desse tipo de pegada nos livros. Tomara que os próximos sejam melhores.

    ResponderExcluir