Título original: The Other Boleyn Girl (A Outra)
Ano: 2008 
Classificação indicativa: +16
Duração: 115 min 
Direção: Justin Chadwick
Elenco: Natalie Portman, Scarlett Johansson, Eric Bana
Nota: 4/5

Sinopse: Uma fascinante e sensual história de intriga, romance e traição. Duas irmãs, Ana (Natalie Portman) e Maria (Scarlett Johansson) Bolena conduzidas pela ambição da família, na busca pelo poder e status se envolvem em um jogo, onde o amor e a atenção do rei da Inglaterra é o objetivo. Jogadas na perigosa e excitante vida da corte, o que era para ser uma tentativa de ajuda à família, transforma-se em uma cruel rivalidade entre irmãs.
Esse é o primeiro post da Semana Temática, que esse mês será sobre Romance de Época. E não teria como falarmos de um romance de época sem citar "A outra". Além de ser um drama, também é um fato histórico da Inglaterra. A primeira vez que fui incentivada a assistir esse filme, foi por causa de uma professora de história. Se não me engano, no último ano do Ensino Fundamental.


Como a classificação indicativa é de 16 anos, ela não poderia passar esse filme na escola para vermos. Mas hoje estou aqui para falar sobre esse maravilhoso filme, que também contribui para as aulas de história rs


Naquele tempo, era comum os casamentos serem arranjados. E foi o que ocorreu com Maria Bolena. Ela se casou nova, um casamento que já havia sido arranjado por seu pai. Era um costume também, que as irmãs mais velhas se casassem primeiro, para contar as experiências para as mais novas, mas Ana não foi a primeira irmã a se casar.

Influenciada pelo pai e tio (que eram muito ambiciosos), Ana foi convencida a "entreter" o Rei da Inglaterra, Henry Tudor, visto que o casamento dele com Catarina de Aragão não está nos seus melhores dias.

Mas como tudo não é do jeito que se espera, ou se planeja, o Rei acaba gostando mais de Maria. A irmã que era casada.


A partir dai, surge uma intriga familiar entre as duas irmãs. Ana acha que Maria agiu propositalmente para que o Rei deixe de gostar dela. Como se essa briga familiar não fosse o suficiente, Maria também acaba gerando desconfiança da esposa do Rei.


Uma história sobre traição, lealdade, amor... 

Uma trama repleta de reviravoltas, onde nos impressiona e nos deixa pensativos.

O que mais me chamou atenção foram as vestimentas. Sempre fico impressionada com as roupas nos filmes/séries de época. Parece que realmente estamos vivendo naquele tempo. Além dos castelos, campos, animais. É tudo muito bem estruturado.



Uma coisa que me desagradou no filme (obviamente sei que faz parte da época) foram os diálogos e ações machistas. Mas me encantou a forma como Ana ficou após alguns meses. Ana virou uma mulher forte, que sabe o que deseja e como conquistar o que deseja. Infelizmente, passa por cima de algumas pessoas para que suas ações sejam conforme o planejamento.

Me digam nos comentários se já assistiram esse romance de época e o que acharam dele.

Beijos e até mais 😊

Deixe um comentário