Título: Seis Anos Depois
Autor (a): Harlan Coben
Estante: Skoob - Goodreads
Lançamento: 2014
Páginas: 
272
Editora: Arqueiro
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance policial
Estrelas: 3,5/5
Compra: Amazon

Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas.E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la.Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa... durante seis anos.Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa.Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada.Em Seis Anos Depois, Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde.


Natalie e Jake se conhecem durante uma viagem, ambos estão em retiros. Ela em um retiro para artistas, pois é pintora, e Jake em um retiro de escritores. Os dois resolvem se entregar a paixão que sentem e vivem um lindo romance de verão, bem clichê. O que Jake não esperava era que Natalie dali alguns meses romperia com ele, sem motivo, e se casaria com seu ex namorado Todd. Jake não resiste e vai até o seu casamento, para se torturar. E recebe um aviso de sua ex amada: que ele fique longe dela, e nunca lhe procure mais. 

Como uma boa leitora que sou sempre tive vontade de ler algum livro do autor Harlan Corben. Ao ler a sinopse de Seis anos depois pensei ser o livro ideal para eu começar, uma vez que fazia meu estilo. 

O livro é narrado pelo ponto de vista de Jake, no presente, seis anos depois do casamento de Natalie, quando ele descobre que o marido da mesma, morreu. Assim, ele resolve ir no velório do defunto e se encontra diante de outra viúva, que não é Natalie. Dali em diante, ele tenta desatar esse nó que se formou em sua cabeça. 

Mesmo sendo narrado no presente, podemos ler flashs no passado do protagonista, o que nos deixa a par do relacionamento que ambos tiveram.

Vou listar alguns pontos positivos do livro: Primeiro, de inicio eu achei um mistério super válido, como Natalie sumiu da face da terra depois de ter pedido que Jake lhe esquecese. Isso faz o leitor pensar que ele possa estar inventando fantasias em sua mente, ou algo do tipo. 

Segundo: O autor não enrola com acontecimentos monótonos e chatos assim como a Gillian Flynn em alguns dos seus livros, por exemplo. Assim a leitura flui, levando você a querer ler tudo de uma vez.

Agora os negativos se sobressaem. 

Primeiro: O modo como Jake é apaixonado por Natalie, enche o saco. Ele se mete em encrenca das bravas, enquanto ela não da a minima pra aparecer, dar um telefonema, quem sabe pra falar um Oi pra ele, mas mesmo assim o mané, não desiste do mistério. Claro, tudo se explica no final. Mas isso irrita um pouco quem lê.

Segundo: A vida dos personagens secundários são mais bem contadas do que a dos dois protagonistas. Temos uma noção da família e vida de Natalie, mas ela não esta presente em nem um quarto do livro. Já Jake protagonista todo o livro mas não temos a minima ideia de quem foi sua família.

Dentre outros defeitos que encontrei na leitura, o motivo pelo qual a trama toda acontece, não é relevante. O final não deixa nada em aberto, mas foi longe de ser satisfatório para mim. Foi uma boa ideia só que não foi tão bem executada. Há quem diga que é o livro mais fraco do autor, outros dizem que a historia é muito parecida com outro livro que o autor Também escreveu. Enfim, eu quero ler outro livro do autor para ser conclusiva a respeito. Porém não muito em breve.

Deixe um comentário