Título: A Marquesa (Série Damas Perfeitas #1)
Autor (a):  Nahra Mestre
Lançamento: 2018
Páginas: 170
EstanteSkoob
Editora: Portal Editora
Literatura: Estrangeira
Gênero: romance de epoca
Estrelas: 4/5
Compra: Amazon

"Nos palcos da aristocracia inglesa do século XIX, Sarah Granville Anson descobre, ainda muito jovem, que foi prometida para o primo Thomas Hervey, futuro marquês de Bristol.
Enquanto ela se prepara para ser a esposa perfeita, Thomas torna-se cada vez mais contrário a qualquer tipo de sentimento.
Uma dama apaixonada, que faz de tudo para conquistar o amor do futuro marido, ainda que com artifícios inapropriados para a sociedade conservadora em que vive. Um cavalheiro marcado pelo passado, avesso ao amor, mas que se vê envolvido pelos encantos de Sarah a cada dia.
Quando Thomas se der conta de que ela é o amor de sua vida, pode ser tarde demais.
Um romance de época, que retrata uma mulher à frente de seu tempo e que levará o leitor (a) a uma deliciosa viagem pela Era Vitoriana.
Você irá se apaixonar."



Nesse primeiro volume da série Damas Perfeitas de Narah Mestre, conhecemos Sarah, uma jovem inteligente e rebelde para seu tempo, que sonha em ter uma carreira política numa época onde mulheres só podiam se preocupar com os afazeres de casa. E também conhecemos Thomas, um jovem ambicioso e misterioso, que fará o que for preciso para conseguir uma vaga no parlamento.

Assim que soube que foi prometida a Thomas, aos 13 anos, Sarah decidiu aprender tudo que pudesse sobre política, seu sonho era ser parlamentar,mesmo que para aquela época, mulheres não pudessem nem discutir sobre política. A ideia de se casar era totalmente inviável. Thomas, nutria do mesmo sentimento, afinal romance atrapalharia seus negócios na política. Com o passar do tempo, Sarah demonstra profundo interesse no casamento, e para que o mesmo se concretize, ela passa a estudar várias áreas para que pudesse de alguma forma ser valiosa aos olhos do marido e assim ajudá-lo em tudo. Porém, para Thomas, esse compromisso se torna cada vez mais pesado e difícil de suportar. A ideia de um casamento arranjado era absurda, mas infelizmente, necessário para as aparências da política, afinal, como parlamentar, precisava do apoio um grande nome e de um herdeiro. Apesar de todo o desprezo de Thomas, Sarah continua cada vez mais apaixonada e convicta de que vai conseguir dobrá-lo, e descobrir por que seu marido é tão distante.

"Naquela tarde meus sonhos foram esmagados pela realidade cruel da sociedade inglesa; "devo me casar e me formar uma egua parideira". Pelo menos se casaria com um futuro parlamentar, talvez Thomas permitisse que ela o ajudasse em sua carreira. "

Eu gostei bastante da história. Gostei da escrita da autora, não é cansativa, nem superficial. Detalhada na medida certa. O enredo é super envolvente. Apesar de não ser uma mega fã de romances, esse tem tudo pra te fazer querer mais. Ninguém tem frescura aqui [com exceção do Thomas], a mocinha é inteligente, sabe se virar muito bem e é forte, só tipo que sabe quando é a hora certa pra tudo. O mocinho é meio cabeça dura, chega até ser um pouquinho turrão, mesmo assim você não quer bater nele [ele chega no limite do ranço e volta], ele tem um ar misterioso que, mais pra frente, saberemos o porquê. A história toda não é só um romance. Existe um mistério que envolve toda a família e a única pessoa que sabe é o avô deles [sim, eles são primos, não mencionei?]. Tenho certeza que você não irá se arrepender. 

2 Comentários