Título: Desde Que Te Vi (Série Conflitos #1)
Autor (a):  Grazi Fontes
Lançamento: 2018
Estante: Skoob
Páginas: 435
Editora: Amazon
Literatura: Nacional
Gênero: Romance, drama
Estrelas: 4/5
Compra: Amazon

É possível recuperar um passado que foi interrompido e seguir em frente sem que as consequências de seus atos cobre seu preço?A vida de Elliot foi construída entre mentiras, omissão e manipulação. Desiludido, ele desaparece deixando para trás seus compromissos, mas há algo que o impede de seguir em frente; seu coração não consegue esquecer o passado com Susan e quando descobre a verdade sobre sua separação, ele não hesita e se esquece de todo o risco que uma reaproximação com ela pode causar. Um passado conturbado... Um coração partido mais de uma vez... Abandonada pela maioria das pessoas que ama, Susan enfrenta dificuldades diárias tentando ser forte e evitar se recordar do passado, mas mesmo se esforçando para evitá-lo, não há como fugir dele, não quando há uma história mal resolvida. O que você faria se, todos os dias, tivesse que brigar consigo para não ser igual a sua mãe? É assim a vida de Susan, que tem muito medo de seguir o mesmo exemplo de sua mãe e, por isso, batalha todos os dias para não ser igual a ela.Desde que te vi é uma história instigante e misteriosa que te prende do início ao fim.

Acho que quando eu fiz a resenha de Alriet eu já deixei bem claro meu amor pelos livros da Grazi, mas, mais um vez, vou dizer que amei esse livro com todo meu coração!

Desde Que Te Vi é o primeiro livro da série Conflitos e foi lançado este ano em formato de e-book na Amazon. Aqui nós conheceremos a história de Elliot e Susan, que se apaixonaram durante o verão em que se conheceram. Mas, ao final desse verão, Susan descobre que está grávida e, quando ela vai à procura de Elliot, descobre que ele não quer o bebê e a avó dele lhe dá um cheque para que ela faça um aborto. Com o coração quebrado por saber que o homem que ela ama não quer o filho deles e pensando que esse bebê é fruto do amor deles dois, ela decide não abortar.

É assim que a vida funciona. Ela te dá o que tanto precisa e deseja, e sem que perceba o quanto anseia por aquilo, ela tira de você, sem piedade.


Anos se passam e a avó de Elliot, que está muito doente, o chama para ir na casa dela porque ela precisa conversar com ele. Elliot, a contragosto, vai ao encontro da avó pensando que ela mais uma vez queria manipular ele, mas ao chegar lá ele descobre que o assunto que a avó queria conversar com ele não era nada do que ele esperava.

Sua avó lhe conta que Susan estava grávida quando foi procurar ele e, que mesmo aceitando o dinheiro para fazer o aborto, ela não abortou o bebê. Com isso em mente, Elliot volta à cidade de Avon Park para reencontrar Susan após tantos anos separados. Porém, quando ele finalmente encontra Susan, ele também encontra Amélia, sua filha. E agora ele quer, não só, reconquistar Susan, como também quer conhecer sua filha. Mas isso não será uma tarefa fácil para alguém com tantos segredos como ele.


Queria vê-la, mas não saberia como reagir, não depois de tanto tempo. Encontrar Susan agora era como cair em uma areia movediça e ser sugado para baixo, até se sufocar completamente

O livro tem a narrativa em terceira pessoa e intercala os capítulos entre o ponto de vista de Elliot e Susan. O livro é tão gostoso e fácil de ler que eu acabei ele em dois dias, além de não querer largar o livro em momento nenhum. A Grazi tem uma escrita maravilhosa e que eu adoro, inclusive se ela publicar a lista de compras dela eu vou querer ler também.

Os personagem são bem cativantes, o que também ajuda muito na fluidez do livro. O Elliot foi um personagem que me chamou bastante a atenção (e não foi por ele ser bonito). Ele é um personagem misterioso, ao mesmo tempo que me fez ficar com pena dele por conta de algumas coisas de seu passado e que em alguns momento me fez querer sacudir ele para parar com algumas nóias, além de mostrar um crescimento muito grande no decorrer da história. A Susan também é uma personagem bem interessante, que desde o início se mostrou uma mulher forte e guerreira que passou por cima de muita coisa para criar a filha numa cidade preconceituosa onde ser mãe solteira é sinônimo de ser puta.

Há coisas na nossa vida que não estamos preparados para vivenciar, experimentar ou conhecer, até alguém próximo precisar de você. Então você precisa agir de qualquer forma, até encontrar o caminho certo a seguir. A vida é cheia de ensinamentos e, não importa o quanto nos sentimentos experientes, nunca estaremos preparados para absolutamente nada

No início de cada capítulo tem o trecho de uma música e no Spotify tem um playlist com essas músicas. E Grazi, você está de parabéns! Seu gosto musical é ótimo. 

Eu só tenho uma ressalva para fazer sobre o livro, se você for uma pessoa ansiosa como eu, cuidado com o final, porque você vai sofre e já lhe adianto, a Grazi é malvada e não tem pena de nós leitores. Então, prepare-se para se emocionar, para chorar e para sorrir com esse livro.

Um recadinho para a Grazi: Quando sai o próximo livro da série? Já quero o próximo!

Beijos e até a próxima!

8 Comentários

  1. Adorei a premissa da história, parece ser realmente emocionante :D
    E infelizmente esse pensamento de que ser mãe solteira é sinônimo de ser puta continua ainda hoje em muitos lugares, e só dificulta ainda mais a vida delas.
    Ótima resenha1
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Gostei da trama da história, pelo visto é cheia de reviravoltas. Não chegou a ficar claro se Elliot foi enganado pela avó, ou se ele realmente não queria o bebê na época, mas pelo menos ele se arrependeu e correu atrás do prejuízo.
    Bjus
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei muito da trama, fiquei muito interessada no livro, em saber como eles resolveriam todos os assuntos pendentes, as mágoas, as mentiras, os segredos... se conseguiriam seguir juntos depois de tanta coisa. Se ele conseguirá se aproximar da filha, fazer parte da vida dela. Enfim... Mas confesso que seu aviso sobre o final do livro me deixou com um pé atrás, até porque sofro de ansiedade.rs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olha, confesso que pela capa eu não leria o livro, achei ela um pouco over, sei lá. Mas adorei a proposta da história e fiquei curiosa para saber como tudo vai se desenrolar, como vai ser a aproximação dele da Amélia e tal. Vou colocar na minha lista de leitura do Kindle! \o/

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Oiii tudo bem??

    Que capa lindaaa, queria fisico na estante.
    Adorei essa questão de fazer o leitor sofrer, acho q eu ia sofrer muito.
    Não conhecia a autora, fiquei bem curiosa, quero ler.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Esses dias vi o ebook gratuito e baixei na Amazon. Fiquei bem curiosa com a sinopse e lendo sua resenha parece ser uma história bonita e com personagens cativantes.
    Espero curtir a leitura assim como você.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Olá! Não conhecia a autora nem o livro, e fiquei bem encantada com a história, e os personagens, que parecem ser emocionantes. Que bom que a leitura é fácil e foi rápida, sinal que a história é boa. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  8. Oie... que resenha linda
    Amei a capa, a sinopse e a premissa da história. Dica mais que anotada, pois adoro livros que nos fazem chorar e nos encantam

    Beijos

    ResponderExcluir