Título: 13 Segundos
Autora:  Bel Rodrigues
Lançamento: 2018

Estante: Skoob
Páginas: 304
Editora: Galera Record

Compra: Amazon
Literatura: Nacional
Gênero: Romance, Jovem adulto, Infantojuvenil
Estrelas: 4/5

O fim de um relacionamento é sempre um período difícil, mas isso se intensifica quando você está no último ano do colegial e precisa decidir o que será do seu futuro. Lola sabe que a decisão foi o melhor para os dois, mas aquela saudade de alguém que estava sempre presente é inevitável. Agora, tudo que Lola quer é deixar isso para trás e focar em pôr a vida em ordem novamente, se redescobrindo após um relacionamento que exigiu tanto dela e reavaliando suas prioridades: estudo, amigos, família e o canto, sua maior paixão. Com o corte do coral das atividades extras, a garota finalmente decide ouvir seus amigos e resolve criar um canal no YouTube para postar alguns covers, nada mais do que um hobby para substituir seu tão amado coral. Focada em não se relacionar seriamente e aproveitar as festas do último ano, tudo parece se alinhar quando Lola conhece John, um intercambista que busca exatamente o mesmo que ela: se divertir e criar memórias inesquecíveis. Quanto mais as coisas mudam, mais a garota percebe como perdera seu tempo tentando salvar um relacionamento que já estava naufragado, e como agora ela se sentia genuinamente feliz com as pessoas incríveis à volta e seu grande hobby se tornando cada vez mais influente. Entre conselhos sinceros, noites quentes e provas do Ensino Médio, a única coisa que Lola não poderia prever era o quão rápido tudo poderia desmoronar. Em treze segundos, especificamente.

Mais um livro que eu precisei de um tempo após ler para me recuperar e mesmo assim, enquanto escrevo essa resenha, ainda estou um pouco destruída. Não acompanho o canal da Bel (na verdade não acompanho quase que canal nenhum), mas já conhecia ela de um ou outro vídeo que eu vi por aí. 

13 Segundos conta a história de Lola, uma jovem de 18 anos que tem uma voz linda, amigos maravilhosos e um namorado babaca. Lola está no último ano do ensino médio e finalmente terminou o namoro com Leo, pois ela percebeu que ele não estava mais a fazendo feliz. Seus amigos, que não gostavam nada de Leo, ficaram muito felizes por ela finalmente perceber que estava num relacionamento abusivo. E, apesar de toda grosseria, ciúme e agressividade de Leo, Lola ainda guarda sentimentos bons pelo ex-namorado.

[...]A pior coisa do fim de um relacionamento são as lembranças involuntárias que ficam na sua vida. Quer coisa pior do que associar uma música a alguém? Algumas músicas são maravilhosas, mas podem ser arruinadas por uma maldita lembrança. Eu detestava sentir isso, mas não tinha como fugir.


No grupo de amigos de Lola, temos pessoas maravilhosas que estão sempre ali para apoiar uns aos outros. Super protetores, Ariel, Ana, Mel, Bruno, Vinicius e Diego não medem esforços para incentivar Lola a começar um canal no youtube para compartilhar com outras pessoas sua voz maravilhosa.



Conforme a história vai avançando vamos conhecendo todos eles e mais um garoto novo no grupo e na escola, John. Esse novo integrante do círculo de amigos de Lola, por coincidência, é um garoto com quem ela havia ficado durante uma balada e que agora estuda na mesma sala que ela. Em diversos momentos eu me identificava com um personagem diferente e me peguei varias vezes querendo que eles fossem meus amigos na época em que eu estava no ensino médio. 

-Não se atire na fogueira para manter os outros aquecidos.

Todos os personagens criados pela Bel são totalmente diferentes um do outro, nenhum tem a mesma característica que o outro e essa diferença são notadas nas características físicas, orientação sexual, personalidade, opinião e outras coisas a mais. E para mim isso foi o que me fez amar mais ainda cada um deles, além de dar um gás ao livro e deixar os leitores querendo mais de cada um dos amigos da Lola.


No início a escrita da Bel me pareceu um tanto infantil, mas com o decorrer da história isso ficou para trás e eu me vi tão absorvida por Lola e seus amigos que virei a noite lendo o livro e acabei ele em algumas horas. No final do livro tem uma nota da autora onde ela diz que começou a escrever a historia de Lola quando era adolescente e foi onde eu entendi o porque da sensação que eu tive no início da leitura.

Não existia preparação para lidar com aquele momento. Não existia príncipe encantado que me salvaria no final, não existia silêncio que não fosse ensurdecedor. Descobro que o silêncio não existia para quem tinha uma mente fadada a sabotar. a verdade era que ninguém realmente iria entender por que aqueles foram os piores 13 segundos da minha vida. Ninguém sabia como era acordar todos os dias pensando que as horas seguintes seriam pequenos testes de sobrevivência. [...]

Duas coisas que me incomodaram durante a leitura foi que o livro tem alguns erros ortográficos e eu sou um pouco lerda para perceber esse tipo de coisa, então, se eu percebi é porque tem bastante erros. A segunda coisa foi que o tema, que seria o principal, poderia ser melhor trabalhado. A autora deixa para introduzir o tema, revenge porn, bem pro final do livro e o desenvolvimento do mesmo fica um pouco corrido. É por esses dois motivos que eu dei 4 estrelas para o livro, mas ele ainda está como um dos meus favoritos de 2018.


A capa do livro é um primor, não precisei de muito para me apaixonar por ela. A diagramação está boa, as letras estão em bom tamanho para a leitura e as páginas são amareladas. 

Eu recomendo o livro para todo mundo. 13 Segundos é um livro nacional, de uma mulher sobre um assunto muito importante nos dias atuas, revenge porn. Um livro cheio de empoderamento e representatividade que deve ser lido por todos!

14 Comentários

  1. Oi.

    Eu conheço a Bel através de um livro que ela escreveu junto de outros autores, e até que gostei do conto dela. Eu ja tinha visto esse livro, mas ate o momento eu não sabia muito sobre ele. A narrativa parece ser interessante, eu estava com medo de acabar não curtindo muito a leitura do livro, por isso, eu ainda não tive muita vontade de lê-lo. Que bom que mesmo com alguns problemas você ainda conseguiu curtir a leitura. Acho que os pontos positivos que você citou sobre a obra são o suficiente para que eu queira conhecê-la.

    ResponderExcluir
  2. Oi Izi!

    Tudo bem? Confesso que só conheci o canal da Bel a bem pouco tempo, mas gostei bastante de como ela fala de livros. Achei bem legal a premissa da história, apesar de não gostar de livros YA (eu raramente - muito raramente mesmo - leio algo do gênero hoje em dia).

    Essa questão do revenge porn é muito bizarra! É tanta gente julgando a sexualidade de uma pessoa que elas muitas vezes não conhecem e que certamente não tem nada a ver, sem mencionar o quanto isso impacta a vida da mulher que teve sua intimidade exposta por um cara absolutamente babaca!

    Enfim, concordo que é um livro necessário. É uma pena que tenha achado a escrita dela infantil no começo, maaaaaas fiquei muito feliz que isso foi só no início e depois fluiu bem. Com certeza, depois dessa resenha, ele foi para a minha wishlist!

    Beijinhos - Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Oi! Eu vi muita gente falando desse lançamento durante a Bienal de SP, muitas pessoas comprando e dando algumas opiniões, mas não achei que tratava de um livro de revenge porn, que eu pra falar a verdade nem sei do que se trata. Gostei da premissa de que a protagonista de livra desse namorado abusivo e decide seguir com a vida e se permitir viver e aproveitar as oportunidades que apareciam. Gostei bastante da dica! Obrigada!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  4. Gente, por essa capa, essa sinopse e o título, nunca que eu ia imaginar que rolava um revenge porn na história. Pena que a autora não soube trabalhar o tema direito... foi tipo o livro da Pam Gonçalves, Boa Noite. Teve um tema super importante na história, mas ela deu destaque mais pro final.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra a um exemplar autografado de O que eu tô fazendo da minha vida
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. São quatro kits; um para cada ganhador

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bell.
    Ainda não conhecia esse livro, mas acho que não é o tipo de coisa que eu busco.
    Como já passei dessa idade há muuito tempo, essas histórias não conversam mais comigo e com o que eu penso da vida. Acho que deve ser uma ótima dica para quem tem mais ou menos a idade da protagonista e o tema é importante também!!
    Uma pena que você tenha encontrado tantos erros!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da resenha, mas tenho q admitir que não me chamou muito a atenção pelos mesmo defeitos citados por vc como os erros ortograficos. O enredo tambem nao me agradou muito visando que prefiro livros de ação haha mas com certeza e um q eu recomendaria a uma amiga fã de romances.

    ResponderExcluir
  7. Oi Bell!
    Esse livro parece ser bem bonito e traz um tema bem forte que é o relacionamento abusivo e apoio das pessoas próximas, pena que foi pouco trabalhado.
    Sobre os amigos de Lola: acho que todo mundo queria amigos que nos apoiasse no ensino médio. rs
    O que me desanima de ler são os erros de otografia que você mencionou.

    FLeituras – Leituras da Fabi

    ResponderExcluir
  8. eu acho interessante trabalhar a temática do revenge porn. não tinha visto esse livro, mas confesso que pelo enredo não fiquei muito empolgada pra ler... só leria mais por uma questão de saber como a autora trabalhou o tema na história... mas enfim... pena os erros ortográficos, acabam comprometendo de alguma forma a nossa leitura...
    bjs...

    ResponderExcluir
  9. Oi, Bell!
    Vou ler este livro neste mês para o infinistante - e num momento perfeito também porque estou estudando a pornografia de vingança na universidade. Ler sua resenha só me deixou ainda mais animada para começar a ler este livro. Acho que é extremamente importante termos mulheres na nossa literatura lidando com temas que acabam sendo um tabu para muita gente, ainda que tenha sido trabalhado mais perto do final. Também é muito legal que a autora conseguiu criar um grupo de personagens tão carismáticos a ponto de fazer te querer tê-los como amigos reais!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Eu acompanho o canal da Bel e fiquei muito feliz quando ela anunciou que iria publicar seu primeiro livro, inclusive acompanhei todo o processo, conforme ela ia soltando "dicas" sobre as histórias e os personagens, foi tudo muito divertido. Entretanto, ainda não tive a chance de ler 13 Segundos, porque estou com uma pilha grande de livros para atacar ainda, haha. O tema do livro é muito importante, toda a questão do machismo e da revenge porn, é algo que me chama muito a atenção, de modo que fiquei torcendo para que fosse bem trabalhado. É uma pena saber que o livro conta com vários erros. Mesmo assim, fico feliz de saber que você tenha aproveitado bem. Espero poder lê-lo em breve. Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Ainda não conhecia esse livro e não tive oportunidade de ler nada da Bel. Ao primeiro olhar esse young adult não me chamou atenção, mas lendo sua resenha na íntegra achei interessante como a trama ganhou força e os personagens foram bem explorados, trazendo temas bem atuais e bem comuns dessa idade.
    Mesmo com algumas ressalvas espero conseguir ler em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Oi, Bel

    Eu honestamente acho a capa feia. Assim como você, só conheço a autora de alguns poucos vídeos, não acompanho Booktubers. Achei bacana ela ter conseguido se afastar do namorado embuste, mas isso de guardar sentimentos é bem verdadeiro. Uma pena o revenge porn ter sido introduzido tão tardiamente, mas pelo menos você gostou do livro e é isso que importa! :D

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Oiiiii,

    Achei a capa muito linda mesmo! É um tema delicado esse de revenge porn, e de a obra não for bem trabalhada pode acabar fomentando o pensamento de que a culpa é da vítima.nao conheço o canal da autora, mas achei bem curioso e quero saber como vai ser esse processo de superação da personagem seguido de outro baque e como ela irá lidar com isso.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que quando esse livro foi lançado, eu não fiquei muito curiosa porque, apesar de acompanhar o canal da Bel, eu sempre tive um gosto muito diferente do dela. Então, acabei ficando com a impressão de que não iria me agradar muito.
    Porém, tenho visto muitos elogios e estou considerando dar uma chance e ler futuramente. Parece que os personagens dela são bem construídos e bastante representativos, o que me agrada muito. Só achei uma pena um tema tão importante ter sido trabalhado mais para o final e de maneira apressada.
    De qualquer forma, parece ser uma leitura interessante. Adorei a resenha e vou anotar a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir