Título: Como se livrar de um escândalo (Série Spindle Cove/ Castles Ever After)
Autor (a): Tessa Dare
Lançamento: 2018
Páginas: 224
Editora: Gutemberg
Comprar: Amazon
Literatura: Estrangeira
Gênero: Romance, Romance Histórico
Estrelas: 3,5/5

Na noite do baile da mansão Parkhurst, houve um encontro escandaloso na biblioteca.Foi Lady Canby, com o empregado, no divã?Ou a senhorita Farchild, com um amante, contra a parede?Talvez um criado tenha feito isso...Tudo que Charlotte Highwood sabe é que não foi ela. Mas os rumores apontam o contrário. A menos que descubra a verdadeira identidade dos amantes, a jovem será forçada a se casar com o marquês Piers Brandon, Lorde Granville - o cavalheiro mais frio, arrogante e lindo que ela teve a infelicidade de conhecer. Quando começam a investigação dos verdadeiros amantes envolvidos no escândalo, Piers revela esconder muitos segredos. Mas ainda assim ele guarda ferozmente a verdade sobre seu passado sombrio.Parecia ser um mistério simples de resolver, mas logo perigos perturbadores surgem na vida de Charlotte e Piers. A paixão é intensa. O perigo é real. Charlotte arriscará tudo para provar sua inocência nesse caso escandaloso ou irá se entregar que jurou nunca amar?


Eu estava ansiosa para ler esse livro, a capa é linda e eu já tinha lido dois livros dessa autora, e dessa mesma série e tinha gostado muito. Mas com esse acho que fui com muita sede ao pote...


Bom, a história começa coma a Charlotte indo atrás do Piers para avisar que a mãe dela estava atrás dele por considerá-lo um ótimo partido para a filha, e nesse meio tempo escondidos eles presenciam um encontro de amantes (bem quente), mas quando estão saindo de seu esconderijos são pegos em flagrante e ficam comprometidos. Charlotte quer se casar por amor como suas irmãs e Piers não queria compromisso com ninguém por conta do seu passado obscuro.

Durante o decorrer da história mostra Charlotte procurando pistas para descobrir quem era o casal de amantes misteriosos, tudo para se livrar de seu compromisso com Piers.

O livro tem várias passagens engraçada, a Charlotte e a mãe dela são muito loucas.

Mães desesperadoras exigiam medidas desesperadas.


Na minha opinião a melhor parte do livro é a Senhora Highwood explicando a Charlotte a primeira noite de um casal, eu ri muito nessa parte.


Charlotte escondeu o rosto entre as mãos.Ela sentia como se estivesse presa em um pesadelo. Ou uma peça de teatro muito ruim.O pêssego e a berinjela, uma tragicomédia em um ato interminável.

Mas como nem tudo são flores, a história estava boa, mas depois de um ponto a leitura ficou cansativa e arrastada. Outro ponto que não gostei foi o mocinho, Piers, acho que faltou alguma coisa nele, entendo que ele tenha seus traumas e medos, mas não fui com a cara dele. Infelizmente também não gostei do local da primeira vez deles.

Parece que a autora tinha a história pronta, mas era curta e então ela ficou enrolando até perto do fim, para eles por acaso descobrirem o casal de amantes. As irmãs da Charlotte aparecem bem no finalzinho do livro e é bem rápido. E é isso, a Charlotte procurando pistas para não se casar, o Piers sem querer casar mas já estava começando a se apaixonar por ela e um mistério (um pouco bobo) na história. 

Mas a leitura é boa e engraçada, se quiser um livro para rir, eu recomendo.

Deixe um comentário