Destaques

18 de março de 2019

Colonia


Título: Colônia
Ano de lançamento: 2015
Duração: 110 minutos 
Direção: Florian Gallenberger
Elenco:
 Emma Watson, Daniel Bruhl
Gênero: Drama, Histórico, Romance
Países: Alemanha, França, Luxemburgo, Reino Unido 
Nota: 4.5/5
Sinopse: Chile, 1973. Em meio ao golpe de estado que derrubou o presidente eleito Salvador Allende e possibilitou a ascensão do ditador Augusto Pinochet, as massas estão nas ruas protestando, entre eles um casal alemão, Lena (Emma Watson) e Daniel (Daniel Brühl). Quando o rapaz é levado pela polícia secreta de Pinochet, Lena procura por ele e descobre que seu amado está em um lugar chamado Colonia Dignidad, uma suposta missão de caridade dirigida por um pregador (Michael Nyqvist), só que na verdade é uma prisão de onde ninguém nunca escapou. A fim de encontrar Daniel, a moça decide se juntar ao culto religioso da Colonia.


O filme se passa no Chile, na década de 70. É uma história verídica. Então, para quem gosta de filmes que relatam acontecimentos históricos, vai adorar esse longa.

Esse filme pode ser encontrado na Netflix (com o nome de Amor e Revolução) tanto quanto na Amazon Prime Video.


Lena é uma comissária de bordo que namora com o fotógrafo Daniel. Daniel está no Chile participando do movimento que defende o presente Salvador Allende, que é uma “ameaça comunista” perante a política mundial.
Em uma manhã, Daniel recebe uma ligação de um amigo pedindo para ele fugir o mais rápido possível pois houve um golpe de estado e agora o Augusto Pinochet assumiu o poder do país e iniciou a “caçada” dos simpatizantes do antigo governo.


É claro que Daniel é surpreendido e acaba sendo levado pelos policias. Lena não foi pega e continua na cidade, buscando uma forma de reencontrar e libertar o seu amor dessa prisão que ela não sabe nem onde se localiza.

Do outro lado, vemos Daniel sendo torturado por homens que o levou. E também vemos os amigos se distanciando e não tentam ajudar o fotógrafo a sair da prisão, nem ajudam sua namorada a encontrá-lo.

Lena finalmente descobre que Daniel está na Colonia Dignidad e decide entrar nesse local como uma fiel. Apesar de saber que ela não conseguirá sair de la, afinal ninguém nunca conseguiu sair.



Por se tratar de um filme histórico com fatos verídicos fiquei muito impressionada com tudo o que ocorreu. Como eu não tive um prévio conhecimento desses relatos e entrei de paraquedas no filme, achi tudo muito surreal.

Os fatos pareciam muito com a ditadura milatar que houve no Brasil, de acordo com o que estudamos na escola e dos relatos dos meus familiares que viveram naquela época.

O filme é muito rico de imagens, acontecimentos e os atores fazem um excelente trabalho. 
Que até me fez achar que era difícil esses fatos realmente terem acontecido na vida real.



Um longa que vale muito a pena para todos os que gostam de filmes baseados em fatos reias e que desejam assistir uma história diferente.

A Emma Watson atuou muito bem nesse filme, tanto quanto o Daniel. Mas em nenhum momento eu vi a Hermione ou lembrei que a Emma já tinha feito um papel mais delicado em outro filme.

Estou recomendando para todos os amigos desde quando assisti esse filme e não poderia deixar de recomendar para vocês.

😊

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

@ManuscritoLiterario

© Manuscrito Literário – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in