Destaques

15 de maio de 2019

Eleanor & Park vai virar filme!



Finalmente a notícia aguardada desde 2013, saiu em grande estilo.

Eleanor & Park ganhará sua adaptação cinematográfica. A notícia foi reportada pelo própria autora Rainbow Rowell em seu perfil no instagram e em entrevista ao portal DEADLINE.


Em desenvolvimento desde 2014, a adaptação teve os direitos adquiridos pela  PICTURESTART (La La Land, Crepúsculo, Extraórdinário), será produzinda ao lado da Plan B companhia de Brad Pitt com Rainbow Rowell como responsável por adaptar a própria obra e ainda produtora executiva e Erik Feig  será o supervisor do projeto.

Eleanor & Park foi publicado em 2014 pela Editora Novo Século, contando a história do inusitado relacionamento entre dois vizinhos, durante a década de 80, que se conhecem no ônibus da escola. Eleanor é uma jovem ruiva que sofre bullying e vive com uma família problemática. Já Park é um garoto sarcástico e geek. Unidos pelo amor por música alternativa e quadrinhos, os dois se apaixonam, numa narrativa que aborda temas como abuso doméstico e imagem corporal.

Até o momento, não há informações sobre diretor ou elenco e nem previsão de lançamento.


Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Confira AQUI nossa resenha do livro.



Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

@ManuscritoLiterario

© Manuscrito Literário – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in