Destaques

1 de junho de 2019

Resenha #229
Segundo - Eu Me Chamo Antônio - Pedro Gabriel @intrinseca

Título: Segundo - Eu Me Chamo Antônio
Autor: Pedro Gabriel
EstanteSkoob
Lançamento: 2014
Páginas: 192
Editora: Intrínseca
ComprarAmazon
Literatura: Nacional
Gênero: Poesia
Estrelas: 3/5


Alter ego do autor Pedro Gabriel, Antônio é personagem de um romance que ainda vai ser escrito. Enquanto não ganha as páginas, ele expressa, entre um chope e outro, seus sentimentos em ilustrações feitas em guardanapos de papel. 
Em Segundo Eu me chamo Antônio, além de frases irreverentes e poéticas, o personagem abre para o mundo as páginas do caderno em que escreve fragmentos de textos alguns de seus pensamentos mais profundos e explora sua criatividade brincando com frases e esboços rabiscados nervosamente. A arte de Pedro Gabriel expande-se para além dos guardanapos em ilustrações inéditas que pontuam essa nova obra.




Segundo Eu me chamo Antônio é o segundo livro de Pedro Gabriel. E se você está achando que já viu algum outro livro com nome parecido é porque sim, você já viu o primeiro livro do autor e pode ler a resenha dele aqui!

Poeta é feito de si e silêncio.
Para quem não conhece Pedro Gabriel, ele começou postando seus poemas e artes feitas em guardanapos que ele pegava nos barzinhos pela noite carioca no facebook, onde ficou bem conhecido com a página Eu Me Chamo Antônio.

Precisei abastecer a sua ausência tecendo seu retrato nas linhas confusas da imaginação, no pano impreciso das minhas mais belas lembranças. Tive que bordar em letras miúdas a grandeza da saudade. E seus olhos puderam ler: "Eu te amo não é eu te tenho".

Nesse segundo volume temos, assim como no primeiro, guardanapos desenhados e pensamentos que o autor escreve. Porém, enquanto no primeiro livro vemos um autor em seu início, ainda com um certo receio de seus escritos, no segundo livro temos um autor mais maduro, com frases e pensamento mais complexos e tudo isso escrito em poucas palavras. 

Além dos já conhecidos guardanapos, Segundo Eu Me Chamo Antônio traz também pequenos textos. Esses textos são repletos da genialidade que o autor já demonstra em seus outros trabalhos e carrega a fluidez e leveza já característica de Pedro Gabriel.

Um dia eu me acerto. Ninguém é de erro.

Esse livro não precisa ser lido em ordem, você pode ler ele sem ter lido o primeiro livro. Mas com certeza após a leitura você correrá para a livraria mais próxima a fim de conseguir um exemplar de todos os livros do autor.

Beijos e até a próxima!

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

@ManuscritoLiterario

© Manuscrito Literário – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in